TV Heinze

A ministra da Agricultura, Kátia Abreu, confirmou, nesta manhã, durante audiência com o deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS) que o governo irá publicar, até o início da próxima semana, uma portaria de equalização de juros que permitirá ao Banco do Brasil aplicar R$ 600 milhões no custeio antecipado do arroz, com juros de 6,5% ao ano. 

A medida era aguardada pelo setor para tentar conter a queda nos valores ofertados pela saca de arroz, que em algumas regiões do estado gaúcho já é cotada abaixo de R$ 34,00. “Desde março, depois do alerta do presidente da Federarroz, Henrique Dornelles, cobramos essa ação do governo e dos bancos. Felizmente agora tivemos a garantia de que o dinheiro será liberado. Com recursos, os produtores poderão controlar a venda do arroz e evitar uma superoferta de produto neste momento de mercado desaquecido”, explica Heinze.