As mudanças nas regras do setor de mineração anunciadas pelo governo no final de julho – MP 789 - pode elevar a alíquota da Compensação Financeira pela Exploração Mineral – CFEM – incidente sobre o calcário, em mais de mil por cento. Justamente no momento em que o foco do trabalho do setor rural é voltado para reduzir os custos de produção dos alimentos, não há como concordar com mais esse aumento de impostos. Na semana passada, em companhia de dirigentes das entidades representativas das indústrias de calcário, o deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS) se reuniu com o relator da MP 789, deputado Marcus Pestana (PSDB/MG), e participamos de reuniões no Ministério de Minas e Energia. Saiba mais neste vídeo.

Assista, comente, compartilhe.