Rádio Heinze

{mp3}audiodividas110512{/mp3}
Download do áudio em formato MP3

Produtores rurais com débitos inscritos em Dívida Ativa da União – DAU – terão que aguardar, pelo menos, mais duas semanas para terem a confirmação de que o programa de refinanciamento dessas operações será reaberto. A emenda do deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS) apresentada à medida provisória (MP) 554 não foi apreciada durante a votação da matéria na última quarta-feira, dia 9, como previa o parlamentar. Segundo Heinze, a urgência na votação do texto e os debates para análise da Proposta de Emenda a Constituição 438/01 – a PEC do Trabalho Escravo – forçou a retirada das emendas, por determinação do governo.

Leia mais
Em vídeo: prorrogação dos débitos inscritos em DAU ficou para a MP 565
{mp3}audioplcf{/mp3}
Download do áudio
 
O projeto de lei 3.846/12 protocolado nesta quinta-feira (10), na Câmara dos Deputados, por integrantes da Frente Parlamentar da Agropecuária – FPA – corrige o texto do novo Código Florestal aprovado no último dia 24 de abril. O PL define regras para a recuperação de matas ciliares em áreas já exploradas pela atividade agrícola ou pecuária antes de julho de 2008.

Leia mais
Em vídeo: Heinze comenta o novo projeto
Fotos da entrega do documento
Integra do projeto 3.846/12
 
{mp3}boletimcriticascf{/mp3}
Download do boletim em formato MP3
 
O deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS) rebateu as críticas veiculadas na grande imprensa do país ao texto do novo código florestal brasileiro, aprovado no último dia 24 na Câmara dos Deputados.  Segundo o parlamentar, o argumento de que vai haver desmatamento para ampliar a produção agropecuária não é verdadeiro. Ele afirma ainda que as áreas de recomposição de mata ciliar para rios com largura superior a 10 metros serão definidas cientificamente pelos estados conforme as características regionais e dos biomas.  

Leia mais
Íntegra do texto aprovado na Câmara


{mp3}boletimcfaprovado{/mp3}
Download do boletim


Depois de quatro anos de debates, vários adiamentos e de duas sessões tumultuadas os deputados federais aprovaram na quarta-feira, 25, o texto-base do novo Código Florestal brasileiro. As modificações introduzidas pelo relator da matéria, deputado Paulo Piau (PMDB/MG), foram ratificadas por 274 votos a favor, 184 contrários e duas abstenções.

Leia mais
Em vídeo: Heinze comenta a aprovação do Código Florestal
Em vídeo: Código Florestal no Brasil e no mundo
{mp3}arrozmedidas2012{/mp3}
Download do áudio em formato MP3

O governo anunciou na última terça-feira (20), a liberação de R$ 737 milhões para apoiar a comercialização do arroz. Com o recurso serão retirados do mercado 2,20 milhões de toneladas do grão, por meio dos mecanismos de Aquisições do Governo Federal – AGF, Contratos de Opção Púbica e para os prêmios de Escoamento do Produto – PEP – e para o Equalizador Pago ao Produtor – Pepro.

Leia mais