Outra audiência, na Secretaria de Aviação Civil, tratou das obras do aeroporto da cidade

Nesta terça-feira, 10 de julho, o deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS), pré-candidato a governador do Rio Grande do Sul, acompanhou o prefeito de São Borja, Eduardo Bonotto, em audiências no Ministério da Saúde e na Secretaria Nacional de Aviação Civil para tratar das demandas do município.

Na Saúde, acompanhados da senadora Ana Amélia Lemos, o deputado Heinze e o prefeito Bonotto foram recebidos pelo ministro Gilberto Occhi. Na ocasião, o ministro confirmou que dará prosseguimento, nos próximos meses, à habilitação para custeio e incentivos de leitos de saúde mental para o Hospital Ivan Goulart. Outro pleito com resposta positiva do ministro foi a habilitação para custear o Centro Especializado em Reabilitação - CER II - Auditiva e Física - para o município. As propostas já foram aprovadas pelo hospital e já possuem equipes montadas e contratadas e só aguardam a liberação de recursos para iniciar os atendimentos.

O prefeito de São Borja também levou ao ministro Occhi uma demanda para o aumento do teto para recursos do MAC - atendimentos de Média e Alta Complexidade - do Hospital Ivan Goulart e de recursos para o Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil - CAPSi - e para o Programa Melhor em Casa.

AVIAÇÃO CIVIL: Em seguida, a audiência foi com o secretário Nacional de Aviação Civil, Dario Rais Lopes.  A assinatura do Termo de Referência para liberação de recursos para a finalização das obras do Aeroporto de São Borja foi o tema discutido na ocasião. Na próxima semana, haverá outra reunião entre técnicos da prefeitura de São Borja e da Secretaria de Aviação Civil para finalizar a elaboração e assinatura do Termo de Referência para lançamento de edital para a obra.

Quando liberados, serão R$ 2 milhões destinados para levantamento da cerca, obras na pista e instalação da sinalização no terminal.