Foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira, 25 de julho, o resultado de habilitação de empresas aptas para a construção da nova ponte sobre o Rio Ibicuí, na BR 472, entre os municípios de Itaqui e Uruguaiana. Das cinco empreiteiras que demonstraram interesse na obra, apenas duas atenderam as exigências do edital 386/2016. As licitantes habilitadas foram os consórcios Nova Ponte Ibicuí e Ponte Ibicuí. 

A partir da publicação, as empresas desclassificadas pela Comissão de Licitação do Departamento Nacional Infraestrutura de Transportes – DNIT -  Aterpa, Triunfo e Consórcio HFTD - BR472 – terão prazo de cinco dias úteis para apresentarem recursos. Caso não haja contestações será marcada a data para abertura dos envelopes com as propostas. A definição do consórcio que construirá a nova travessia na BR 472 se dará pelo critério de julgamento de menor preço.

A conquista de mais esta etapa foi possível após intenso trabalho do deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS) que ganhou força a partir de 2009. Segundo o parlamentar, a licitação, que já havia sido lançada no ano passado, possuía questões no edital que afastaria empresas interessadas na obra. “Pedimos, em dezembro do ano passado, a correção desses detalhes. Em abril a retificação foi publicada e agora avançamos mais uma etapa. Se tudo correr dentro do esperado, nos próximos dias já saberemos quem vai construir a nova ponte”, comemora Heinze.

Orçado em R$ 140 milhões, o projeto prevê a construção de uma ponte com vigamento em aço e laje em concreto armado com duas vias. O trecho que compreende o total do investimento é de 6,18 quilômetros – 1.628 metros de travessia e outros 4.552 metros de acesso e correção de traçado da pista. A nova ligação será construída ao lado da histórica ponte edificada em 1888, que será preservada.

“Trabalhamos há muito tempo nesse tema e agora conseguimos avançar bastante para iniciarmos, definitivamente, a construção da nova travessia sobre o Rio Ibicuí. Hoje, mesmo com todas as dificuldades financeiras pela qual o país atravessa, já podemos comemorar essa importante conquista, não só para a Fronteira Oeste, mas para o estado e também para todo Brasil, afinal, estamos falando de uma das principais vias do Mercosul” comemora o deputado Heinze.

PAC: Em julho passado, o deputado Luis Carlos Heinze propôs ao governo, por meio do requerimento de indicação 3.666/17, que obras da nova ponte sobre o Rio Ibicuí, fossem incluídas na lista prioritária do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC. A intenção do parlamentar é garantir que a obra seja realizada com a maior brevidade possível.  

O esforço do deputado Heinze para viabilizar o início dos trabalhos da nova ligação rodoviária resultou na aprovação de uma emenda de sua autoria, apresentada à Bancada Gaúcha, no valor de R$ 30 milhões. O corte orçamentário promovido pelo governo, não considerou a importância do investimento e do total proposto por Heinze, apenas R$ 10 milhões foram mantidos no orçamento deste ano. “Se conseguirmos a inclusão no PAC, vamos garantir um fluxo de recursos perene e mais rápido”, explica.