O deputado federal Luis Carlos Heinze (PP/RS) se reuniu na tarde desta terça-feira, 21 de março, com a diretora da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul - FETAG/RS, Elisete Kronbauer Hintz, e com o vereador de São Sepé, Gilvane Moreira (PP), para discutir a aposentadoria rural na reforma da Previdência. Foram debatidas as propostas para que o trabalhador não seja penalizado caso as novas regras sejam aprovadas. De acordo com Heinze, a revisão do atual modelo previdenciário é necessário, porém, a reforma deve atingir os altos salários dos executivo, legislativo e do judiciário e não a grande maioria dos trabalhadores.

"Temos sim que fazer ajustes, mas não posso aceitar que os trabalhadores rurais ou urbanos paguem mais essa conta. Discutimos propostas para eliminar fraudes e aumentar a arrecadação previdenciária sem retirar direitos e sem penalizar quem hoje carrega o Brasil nas costas" afirma Heinze.