O deputado federal Luiz Carlos Heinze (PP-RS) informou, nesta quarta-feira (24), que o leilão de venda de 80 mil toneladas de arroz dos estoques públicos previsto para o dia 1º de novembro deverá ser suspenso.

O objetivo desta suspensão é o de evitar uma pressão negativa no mercado e garantir a liquidez do cereal. De acordo com o parlamentar, a decisão foi acertada em uma reunião que aconteceu na noite desta terça-feira (23) entre representantes do setor produtivo e do Ministério da Agricultura.

Na quinta-feira (25), deverá acontecer uma nova reuniao entre técnicos do Mapa e da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) para que os volumes a serem leiloados sejam reduzidos até pela metade. Além disso, será discutido também um maior intervalo entre as operações. Atualmente, os leilões têm acontecido a cada 15 dias.