Relator não teria acatado todas as propostas do Planalto

O líder do governo na Câmara dos Deputados, Cândido Vaccarezza (PT-SP), participa na tarde desta terça, dia 3, de uma reunião no Palácio do Planalto com o ministro de Relações Institucionais Luiz Sérgio, com o deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP) e com representantes do Ministério do Meio Ambiente. O objetivo é fazer novos ajustes no projeto que modifica o Código Florestal. Segundo o líder da bancada do PT, deputado Paulo Teixeira (PT-SP), Rebelo não acatou todas as propostas do governo.

Minutos antes da reunião, Cândido Vaccarezza disse estar confiante na chegada de um acordo nas próximas horas, mas admitiu que o prazo não é o mais importante.

O projeto de Aldo Rebelo ainda desagrada a alguns setores do agronegócio. Segundo o deputado Luiz Carlos Heinze (PP-RS), com as mudanças anunciadas nessa segunda, dia 2, o texto não garante o plantio em áreas consolidadas como um todo, se refere apenas a culturas lenhosas perenes, o que beneficiaria somente atividades como café, maçã e uva. Atividades importantes como arroz, fumo e banana não estariam contempladas.

Nesta tarde, na Câmara dos Deputados, ocorre a reunião dos líderes dos partidos. A Frente Parlamentar da Agricultura busca apoio para fazer ajustes no projeto. A previsão é iniciar a discussão da proposta em plenário por volta das 20h. A votação pode ocorrer nesta quarta.